Chegada das Pioneiras

O desejo de fundar uma missão na América Latina (Brasil) foi alimentado desde o início da Congregação por Pe. Jordan e possivelmente pela própria Madre Maria dos Apóstolos.

As Irmãs Salvatorianas mantinham bastante viva a consciência de pertencer a uma Congregação essencialmente apostólica e missionária. Por isso, logo que uma Província ou Região crescesse em número de membros e em possibilidades, partia para uma nova missão, levando a Boa Nova da Salvação a outros países e regiões mais necessitados. Este é um testemunho das nossas primeiras Irmãs vindas da Alemanha.

Os Padres Salvatorianos já estavam presentes no Brasil há mais de 40 anos. Mas não as Irmãs Salvatorianas. Fazia-se, pois, sentir muito a sua ausência, foi então que a direção da Congregação em Roma decide enviar, da Alemanha, as primeiras cinco Irmãs, no final do ano de 1936.

O “envio” das Irmãs missionárias teve lugar na capela da Casa Mãe, numa cerimônia simples e fraterna presidida pelo Pe. Pancrácio Pfeiffer, Superior Geral dos Salvatorianos. Ele entregou às cinco Irmãs a cruz das missões e dirigiu-lhes, entre outras, as seguintes palavras:

Vocês vão agora a um país distante, do qual não conhecem usos, nem costumes, nem língua. Mas uma língua se conhece e se entende em todo lugar: é a língua do amor. Sirvam-se dela em toda parte e serão compreendidas… Deveis reproduzir a imagem fiel do Salvador em vossas vidas e nos vossos trabalhos, sermão silencioso, mas eloquente do imenso, puro e misericordioso amor do Salvador

No dia 13 de novembro de 1936, acompanhadas pela então Superiora da Província Alemã, as cinco primeiras Irmãs Salvatorianas destinadas ao Brasil dirigiram-se a Hamburgo para embarcar no navio “Monte Pascoal”. Eram as Irmãs: Colonata Ackermann, Ehrenfrieda Hölscher, Philippa Stieber, Renata Herold e Ludolfa Boch. No dia 03 de dezembro de 1936 o navio “Monte Pascoal” aportou no Rio de Janeiro.

Posteriormente, foram enviados mais três grupos de missionárias vindas da Alemanha.

O Segundo grupo: Ir. Gunthilde Reeker, Ir. Siegmunda Ahrens e Ir. Madalena Sluka. Partiram no dia 3 de dezembro de 1937 e chegaram a Florianópolis/SC no dia 24 de dezembro 1937.

O Terceiro grupo: Ir. Bonavita Strohmeier, Ir. Ligória Gehlhaus, Ir. Annetta Schnapp, Ir. Plantilla Baur e Ir. Claudina Öhrlein. Partiram no 31 de março de 1939, e chegaram no dia 21 de abril de 1939 em Florianópolis/SC.

O Quarto grupo: Ir. Consília Ortmann, Ir.Maria Sofônia Sallen e Ir. Helmtrudis Wloczyk. Partiram no dia 04 de agosto de 1939, chegando ao Brasil no dia 24 de agosto de 1939.

Galeria de fotos

Chegada das Pioneiras
  • pioreinas-2
  • pioreinas-5
  • pioreinas-6
  • pioreinas-1
  • pioreinas-3
  • pioreinas-4
Clique na foto grande para ampliar